Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Adeal: 15 anos na defesa agropecuária de Alagoas
31/12/2020 - 00h00m

Adeal: 15 anos na defesa agropecuária de Alagoas

Criada em 2006 com o propósito de promover e executar a defesa sanitária animal e vegetal, além do controle e a inspeção de produtos de origem agropecuária, a Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas completa neste mês de janeiro de 2021, 15 anos de existência, estando entre os órgãos de defesa agropecuária mais atuantes da região Nordeste.

Adeal: 15 anos na defesa agropecuária de Alagoas

Texto de Dorgival Junior

Fomentar a defesa sanitária animal e vegetal e promover o controle e a inspeção de produtos de origem agropecuária, foram com estes propósitos que em 04 de janeiro de 2006 foi criada, pelo Governo do Estado, a Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas, a Adeal. A autarquia, vinculada à Secretaria Executiva de Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri), foi instituída por meio da Lei nº 6673/06. 

Na área animal, graças ao esforço e a dedicação dos servidores da Adeal, aliada a parceria com instituições, a exemplo da Associação dos Criadores de Alagoas (ACA), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Alagoas e da Superintendência Federal da Agricultura em Alagoas (SFA/AL), as conquistas foram gradativas ao longo destes 15 anos. 

Neste cenário, desde ações, como a execução de campanhas de prevenção a brucelose, raiva e tuberculose, mormo e peste suína clássica, entre outras, até a conquista da certificação internacional de zona livre de febre aftosa com vacinação, ocorrida em 2014, e mais recentemente a concessão do selo SISBI-POA, os avanços levaram a agência a se posicionar como uma das mais atuantes da região Nordeste. 

Nas campanhas vacinação contra a febre aftosa, a cobertura vem se mantendo acima da média nacional e do percentual mínimo exigido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), ultrapassando os 95%. 

O órgão de defesa, além de atender as demandas institucionais e do setor agropecuário, também é responsável pela inspeção dos produtos agropecuários, assegurando a qualidade dos alimentos que chegam à mesa dos alagoanos. Neste sentido, são realizadas inspeções diárias em abatedouros frigoríficos e fiscalizações periódicas em laticínios e entreposto de ovos; mel, carnes e pescados existentes no Estado. 

Vegetal

Nestes 15 anos, a Adeal reforçou ainda o cadastro de propriedades rurais com o objetivo de monitorar pragas quarentenárias presentes e ausentes, segundo legislação vigente. Atualmente, graças ao trabalho efetivo no combate as pragas, Alagoas é considerada Área Livre da praga Mofo Azul, que ataca o fumo, e também da sigatoka negra, que atinge as bananeiras.

No segmento de agrotóxico, além das ações rotineiras de fiscalização de revendas e em propriedades rurais, o trabalho é reforçado com ações de educação sanitária que vêm atuando na conscientização do produtor rural quanto ao uso e a devolução de embalagens vazias, além de também atuar no reforço das campanhas da área animal.  

Estrutura

Atualmente, a Adeal conta, além da unidade sede, localizada na capital alagoana, com 15 Unidades Locais de Sanidade Animal e Vegetal (ULSAV) situadas nos municípios polos de Maceió; Delmiro Gouveia; Maribondo; Mata Grande; Penedo; Porto Calvo; Santana do Ipanema; São Luiz do Quitunde; São Miguel dos Campos; União dos Palmares; Palmeira dos Índios; Arapiraca; Traipu; Viçosa e Batalha; assim como, três barreiras de fiscalização de trânsito animal e vegetal em Palmeira dos Índios; Porto Real do Colégio e São José da Lage.

“A Adeal tem se consolidado nestes 15 anos. Nossas ações têm se mostrado eficazes e o resultado disso tudo, é o produto de qualidade que chega a mesa da população alagoana. Tudo isso não poderia acontecer sem o apoio da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, Governo Estadual e de nossos bravos servidores que não medem esforços para tornar a Adeal, uma agencia de reconhecimento nacional pela ética e compromisso”, declarou o presidente da Adeal, Isaac Albuquerque.

 
Ações do documento