Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Adeal libera trânsito intermunicipal de suínos em Alagoas
16/01/2020 - 13h40m

Adeal libera trânsito intermunicipal de suínos em Alagoas

Portaria libera entrada de suídeos oriundos dos estados livre da Peste Suína Clássica em Alagoas.

Adeal libera trânsito intermunicipal de suínos em Alagoas

Medida protege Alagoas do vírus da Peste Suína Clássica. Foto: Ascom Adeal

Texto de Paula Nunes

 

A Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal) publicou no Diário Oficial desta quarta-feira (15), uma portaria que libera o trânsito intermunicipal de suídeos em Alagoas. A medida também autoriza a entrada desses animais oriundos dos estados com status de zona livre da Peste Suína Clássica (PSC).

Fica estabelecido que a emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA) para suídeos está liberada em todo território alagoano, para quaisquer destinos ou finalidades. Também está liberada a aglomeração de animais da espécie, como em feiras de animais espalhadas pelo estado. A portaria entra em vigor a partir da data de publicação.

A medida libera ainda a entrada de produtos, subprodutos e materiais genéticos de suídeos procedentes dos estados classificados como Zona Não Livre ou com foco identificado da PSC, desde que tenham sua procedência em estabelecimentos certificados pelo Serviço de Inspeção Federal (SIF).

Já os animais da espécie procedentes dos estados em situação irregular, encontrados pela fiscalização do Serviço Veterinário Oficial (SVO) da Adeal, serão devolvidos as suas origens, sendo eutanasiados aqueles portadores de doenças reconhecidamente incuráveis e que possam colocar em perigo de vida sua espécie, congêneres e o ser humano, sem prejuízo de outras penalidades para seus proprietários ou responsáveis.

André Brito Teixeira, presidente interino da Adeal, explica que o intuito das medidas é proteger Alagoas da disseminação do vírus. Segundo ele, a Agência tem uma radiografia da situação e agora instituiu outras medidas para o controle da doença e consequentes prejuízos econômicos ao setor, como o início das ações do Programa Nacional de Erradicação da doença. 

“Pedimos que casos suspeitos sejam imediatamente comunicados aos escritórios da Adeal através das nossas mídias sociais, ou pelo telefone 0800 082 0050”, ressalta o presidente da Agência de Defesa.

Ações do documento