Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Adeal participa da comemoração do Dia Nacional do Campo Limpo em AL
15/08/2019 - 13h00m

Adeal participa da comemoração do Dia Nacional do Campo Limpo em AL

Evento será realizado nesta sexta-feira (16), a partir das 8h30, no Polo Cloroquímico de Marechal Deodoro.

Adeal participa da comemoração do Dia Nacional do Campo Limpo em AL

Dia Nacional do Campo Limpo será comemorado em Marechal Deodoro nesta sexta (16). Foto: Divulgação

Texto de Paula Nunes com assessoria

 

O Dia Nacional do Campo Limpo, celebrado no dia 18 de agosto em todo o Brasil, será comemorado em Alagoas nesta sexta-feira (16), pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inpEV), entidade gestora do Sistema Campo Limpo, através de uma ação que visa multiplicar as práticas que garantem a sustentabilidade do agronegócio alagoano. O evento será realizado no Polo Cloroquímico, Central de Marechal Deodoro, localizado no município, e terá início a partir das 8h30.

A Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal) participa do encontro através do Núcleo de Agrotóxicos do órgão.

Durante o evento, o público poderá realizar visitas às centrais de recebimento de embalagens vazias, que acontece simultaneamente nas centrais de todo o país. Desta maneira, aprender informações sobre o funcionamento da unidade e seu papel no Sistema Campo Limpo.

Para comemorar os resultados positivos e para que conheçam de perto como é que funciona o sistema Campo Limpo, a Logística Reserva e a Responsabilidade Compartilhada entre os atores envolvidos no Sistema. Com isso, fomentamos o Desenvolvimento Sustentável e consequentemente melhor qualidade de vida para as futuras gerações.

Paulo Melo, chefe do Núcleo dos Agrotóxicos da Adeal, destaca que o evento é muito importante para a educação sanitária dos agricultores em Alagoas. Ele explica que as revendas, as cooperativas ou as distribuidoras são obrigadas a colocar, na nota fiscal, o local de recebimento dessas embalagens. Depois disso, ressalta, a indústria fabricante recolhe, e fica responsável por enviar para uma reciclagem ou encaminhar para destino final.

“O agricultor precisa devolver a embalagem - fazendo uma tríplice lavagem e perfurando, no prazo de até um ano, a contar da data da compra no local indicado na nota fiscal”, disse Melo.

O diretor-presidente da Agência de Defesa Agropecuária, Carlos Mendonça Neto, lembra que aqui no estado apenas a Central de Recebimento das embalagens vazias, em Marechal Deodoro, recebe as embalagens vazias. Ele alerta que o agricultor deve fazer a devolução de maneira correta para não maltratar a natureza. “A Adeal continuará lutando por uma defesa agropecuária ainda mais forte, por isso precisa muito da ajuda dos agricultores de todo o estado”, destacou.

 

Confira a programação:

 

8h30 – Boas vindas

9h – Atividades com as crianças

11h30 – Encontro com distribuidores, revendedores, agricultores, poder público e demais envolvidos

15h - Encerramento

 

Ações do documento