Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Equipes da Adeal realizam coletas de campo em lavouras de fumo
11/08/2021 - 16h30m

Equipes da Adeal realizam coletas de campo em lavouras de fumo

Em parceria com as prefeituras municipais, a Adeal iniciou o trabalho de campo nas lavouras de fumo do Estado para a manutenção da área livre do mofo azul do tabaco. A praga pode ocasionar perdas significativas da produção, limitando a exportação do tabaco para países consumidores.

Equipes da Adeal realizam coletas de campo em lavouras de fumo

Texto de Dorgival Junior

Em parceria com as prefeituras municipais, a Adeal iniciou o trabalho de campo nas lavouras de fumo do Estado para a manutenção da área livre do mofo azul do tabaco. A praga pode ocasionar perdas significativas da produção, limitando a exportação do tabaco para países consumidores.

A etapa, que consiste na coleta da folha baixeiro, deve ser encerra na próxima sexta-feira. A previsão é realizar em 15 dias o trabalho com a folha primeira, encerrando o levantamento de campo.

A ação vem sendo realizada na região agreste de Alagoas nos municípios de Arapiraca, Feira Grande, Igaci, Junqueiro, Taquarana, Coite do Noia, Limoeiro de Anadia, Craíbas, Girau do Ponciano, Traipu, Lagoa da Canoa e São Sebastião. 

A iniciativa faz parte das ações do Programa de Manutenção do Reconhecimento Oficial da Condição de Área Livre do Mofo Azul do Tabaco, que foi criado em 2009, com o propósito de atender a demanda do setor produtivo e mercados mais exigentes quanto a padrões fitossanitários. 

Com o intuito de manter o status sanitário, a Adeal, no âmbito da Defesa Vegetal, desenvolve um trabalho estratégico e sistemático de levantamento de detecção em campo, durante os estágios fenológicos da cultura. 

O trabalho de campo conta com sete equipes responsáveis pela coleta de material que será enviado para análise em laboratório no Rio Grande do Sul, credenciado pelo Ministério da Agricultura, para a emissão de laudos oficiais. “Com estes laudos, faremos o relatório que será encaminhado ao Ministério da Agricultura”, afirmou a chefe do Núcleo de Defesa Vegetal da Adeal, Maria José Rufino.

 

 

Ações do documento