Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Equipes da Adeal realizam levantamento fitossanitário em propriedades produtoras de citros
11/01/2012 - 10h13m

Equipes da Adeal realizam levantamento fitossanitário em propriedades produtoras de citros

Em caso de suspeita da ocorrência da praga, o material é coletado para análise, que é feita em laboratório oficial credenciado pelo Mapa.

Equipes da Adeal realizam levantamento fitossanitário em propriedades produtoras de citros

Dorgival Junior - repórter
 
Equipes da Defesa Vegetal da Adeal realizam nos municípios produtores de citros - que fazem divisa com Pernambuco - o trabalho de levantamento fitossanitário, com objetivo de detectar a praga mosca negra dos citros no Estado.
 
“Alagoas não tem ocorrência da mosca negra. Temos duas equipes técnicas que estão fazendo trabalho de campo em todas as propriedades produtoras de citros nos municípios que fazem divisa com Pernambuco. Só em Santana do Mundaú há aproximadamente duas mil propriedades produtoras de citros”, informou a gerente de Defesa Vegetal da Adeal, Juliana Carnaúba.
 
Por fazer divisa com Pernambuco e Bahia - localidades onde há a ocorrência da praga mosca negra - Alagoas é considerado um Estado de alto risco, segundo classificação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Para tanto, é necessário realizar duas vezes ao ano o levantamento de detecção da praga em 100% das propriedades, nos municípios desta região de divisa. O objetivo é verificar se a praga está presente ou ausente em Alagoas. O relatório final deste levantamento será entregue ao Mapa até o mês de abril/2012.
 
Durante o trabalho de campo, os técnicos da Adeal realizam o preenchimento do Termo de Inspeção e Fiscalização. Em caso de suspeita da ocorrência da praga, o material é coletado para análise, que é feita em laboratório oficial credenciado pelo Mapa. Para a análise em campo, os técnicos utilizam uma lupa de 20x para observar a presença da praga nas plantas.
 
Segundo o Manual de Procedimentos da Mosca Negra do Mapa, em propriedades com até cinco hectares, são inspecionadas dez plantas. Acima de cinco hectares, a inspeção é realizada em 20 plantas.

Ações do documento

vacinacao-aftosa-2017.jpg

link sidagro produtor (2).jpg

imagem manual-produtor.jpg

Apoio