Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Gerência de Defesa Vegetal da Adeal capacita extensionistas no sertão de Alagoas
19/03/2012 - 15h10m

Gerência de Defesa Vegetal da Adeal capacita extensionistas no sertão de Alagoas

Treinamento teórico será realizado em Santana do Ipanema e atividades práticas em Ouro Branco

Gerência de Defesa Vegetal da Adeal capacita extensionistas no sertão de Alagoas

Treinamento com extensionistas do médio e alto sertão alagoano vai trabalhar o combate à cochonilha do carmin

Dorgival Junior

A Gerência de Inspeção e Defesa Sanitária Vegetal (GIDSV) da Adeal, realiza nesta terça-feira, dia 20, nos municípios de Santana de Ipanema e Ouro Branco, um treinamento com extensionistas do médio e alto sertão alagoano no combate à cochonilha do carmin.

A iniciativa da Adeal conta com a parceria da Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário (Seagri), por meio da Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento Rural (Dipap) que faz parte da Superintendência de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural.

A capacitação realizada nesta terça-feira será dividida em duas etapas. A primeira, no período da manhã, a partir das 10 horas, no auditório da Seagri de Santana do Ipanema, contará com a realização do treinamento teórico. À tarde, a capacitação prossegue, a partir das 14 horas, com atividades práticas de campo com visitas a duas propriedades rurais em Ouro Branco.

“Vamos visitar uma área com o início do foco da cochonilha e outra onde a praga esteja em maior evidência. O objetivo é mostrar aos extensionistas como o problema deve ser tratado”, informou a fiscal estadual agropecuária/ engenheira agrônoma da Adeal, Maria de Fátima Figueirêdo, que será responsável pela capacitação.

Distribuição

Numa segunda etapa desta iniciativa, a Adeal vai realizar junto com a Seagri a distribuição gratuita de sementes de palmas resistente à cochonilha (raquetes), em propriedades rurais com focos da praga.

O objetivo da ação, que será desencadeada após o início da temporada de chuvas na região, é reforçar a prevenção e o combate à praga. A variedade que será distribuída é a Palma Alagoas.

As áreas onde foram observados focos da cochonilha do carmim foram identificadas pela equipe técnica da Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas.

Segundo dados da Seagri, no sertão alagoano onde a palma é um dos principais alimentos dos animais, há cerca de três mil produtores de leite na região, gerando 25 mil empregos diretos.



Ações do documento

vacinacao-aftosa-2017.jpg

link sidagro produtor (2).jpg

imagem manual-produtor.jpg

Apoio