Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Gerência de Defesa Vegetal da Adeal capacita extensionistas no sertão de Alagoas
19/03/2012 - 15h10m

Gerência de Defesa Vegetal da Adeal capacita extensionistas no sertão de Alagoas

Treinamento teórico será realizado em Santana do Ipanema e atividades práticas em Ouro Branco

Gerência de Defesa Vegetal da Adeal capacita extensionistas no sertão de Alagoas

Treinamento com extensionistas do médio e alto sertão alagoano vai trabalhar o combate à cochonilha do carmin

Dorgival Junior

A Gerência de Inspeção e Defesa Sanitária Vegetal (GIDSV) da Adeal, realiza nesta terça-feira, dia 20, nos municípios de Santana de Ipanema e Ouro Branco, um treinamento com extensionistas do médio e alto sertão alagoano no combate à cochonilha do carmin.

A iniciativa da Adeal conta com a parceria da Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário (Seagri), por meio da Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento Rural (Dipap) que faz parte da Superintendência de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural.

A capacitação realizada nesta terça-feira será dividida em duas etapas. A primeira, no período da manhã, a partir das 10 horas, no auditório da Seagri de Santana do Ipanema, contará com a realização do treinamento teórico. À tarde, a capacitação prossegue, a partir das 14 horas, com atividades práticas de campo com visitas a duas propriedades rurais em Ouro Branco.

“Vamos visitar uma área com o início do foco da cochonilha e outra onde a praga esteja em maior evidência. O objetivo é mostrar aos extensionistas como o problema deve ser tratado”, informou a fiscal estadual agropecuária/ engenheira agrônoma da Adeal, Maria de Fátima Figueirêdo, que será responsável pela capacitação.

Distribuição

Numa segunda etapa desta iniciativa, a Adeal vai realizar junto com a Seagri a distribuição gratuita de sementes de palmas resistente à cochonilha (raquetes), em propriedades rurais com focos da praga.

O objetivo da ação, que será desencadeada após o início da temporada de chuvas na região, é reforçar a prevenção e o combate à praga. A variedade que será distribuída é a Palma Alagoas.

As áreas onde foram observados focos da cochonilha do carmim foram identificadas pela equipe técnica da Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas.

Segundo dados da Seagri, no sertão alagoano onde a palma é um dos principais alimentos dos animais, há cerca de três mil produtores de leite na região, gerando 25 mil empregos diretos.



Ações do documento

AFTOSA 2016.jpg

link sidagro produtor (2).jpg

imagem manual-produtor.jpg

Apoio