Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sanidade Animal

Sanidade Animal

O que é a Sanidade Animal?

A Defesa Sanitária Animal desenvolve programas que propõem as atividades necessárias para obtenção de conhecimento acerca da sanidade animal do Estado de Alagoas, identificação e prevenção de qualquer risco que interfira na seguridade da saúde animal. O principal objetivo é orientar aos produtores rurais sobre as medidas específicas para uma prevenção eficaz, bem como o controle e a erradicação das Doenças de Notificação Obrigatória, garantindo o padrão de sanidade dos rebanhos alagoanos.

 

Serviços oferecidos:

Cadastramento de propriedades rurais

Atendimento à notificação de ocorrência de enfermidades nos rebanhos

Orientação ao produtor rural sobre medidas profiláticas e de controle da sanidade na pecuária

Emissão de Guia de Trânsito Animal - GTA

Controle do Trânsito de Animais

Controle de eventos agropecuários (exposições, feiras e leilões de animais, etc.)

Certificação da sanidade para granjas de reprodução de suínos e aves

Licenciamento dos estabelecimentos que comercializam produtos biológicos e farmacêuticos de uso veterinário.

 

Doenças de Notificação Obrigatória

Anemia Infecciosa Equina

Mormo 

New Castle 

Peste Suína 

Raiva 

Brucelose

Tuberculose 

 

Demais doenças definidas como de notificação obrigatória pela OIE

 (IN 50, DE 24 DE SETEMBRO DE 2013)

 

Epidemiologia:

Investigar e identificar as causas e a ecologia das enfermidades que afetam os rebanhos, visando seu controle, erradicação ou prevenção e ainda avaliar os riscos e o impacto econômico dos efeitos das enfermidades nas populações animais, assim como das estratégias adotadas para controle ou prevenção, auxiliando desta forma, no planejamento dos programas de sanidade animal.

As notificações poderão ser apresentadas por diferentes vias de comunicação:

- Contato direto na Unidade Local da ADEAL no município (escritório)

- Telefone: (82) 3315-2780 – Ramal

- E-mail: epidemiologia@adeal.al.gov.br

Caso exista a suspeita ou ocorrência de novos casos de uma doença de notificação obrigatória, esta precisa ser detectada e controlada ainda em seu estágio inicial. Para que o Serviço Veterinário Estadual consiga identificar e direcionar as atividades de investigação destes casos e definir as medidas sanitárias a serem tomadas, fazem-se necessárias informações básicas, tais como os presentes no formulário abaixo:

Formulário para população em geral

 

Já os laboratórios, instituições de ensino, institutos de pesquisa e médicos veterinários em geral, poderão utilizar o Formulário para notificação de suspeita ou ocorrência de doenças animais  (form notifica), contendo informações primárias que servirão de apoio ao serviço durante a investigação da suspeita ou ocorrência zoosanitária dos casos identificados por estas instituições.

O Form Notifica preenchido poderá ser enviado ao Setor de Epidemiologia da ADEAL, por via eletrônica (epidemiologia@adeal.al.gov.br).

 

Form notifica e instrutivo

 

Programas

Programa Nacional de Controle da Raiva dos Herbívoros e outras Encefalopatias - PNCRH 

Programa Nacional de Sanidade Avícola - PNSA 

Programa Nacional de Sanidade Suídea - PNSS 

Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose Animal -(PNCEBT 

Programa Nacional de Sanidade de Equídeos - PNSE 

Programa Nacional de Sanidade dos Caprinos e Ovinos - PNSCO 

Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa - PNEFA 

 

Contato

E-mail: gidsa@adeal.al.gov.br

Telefone: (82) 3315-2780 – Ramal 223

 

Legislação

As ações desenvolvidas pelos Agentes Fiscais Estaduais, na Defesa Sanitária Animal são respaldadas na legislação vigente, referentes à defesa sanitária animal e consequentes medidas acautelatórias que asseguram a introdução e exportação segura de animais no Estado de Alagoas.

 

Leis e Decretos referentes à Defesa Sanitária Animal e suas penalidades:

- Decreto n° 2.919, de 25 de novembro de 2005

- Lei nº 6.608 de 01 de Julho de 2005

 

 

Ações do documento